sábado, 1 de outubro de 2011

Vermelho - Jactan's

Hoje é dia de vermelho, bebê!

Tenho um casamento para ir e nada como um clássico vermelho, vermelhusco, vermelhão para nos animar.

O escolhido foi um esmalte argentino que minha tia trouxe de Buenos Aires há alguns meses. Quando ela foi viajar e perguntou o que eu queria de lá, adivinha o que eu respondi? Pois é, esmaltes. E minha tia, exagerada que só, trouxe nada menos que 20 VIDRINHOS de Thelma & Louise (falei de um deles no post anterior) e da Jactan's (o preto e o laranja apareceram por aqui). Alegria, alegria!

Também conhecido como o esmalte de estrelinha

Os esmaltes não tem nome, só um tal de Art.21 atrás que deve ser o nome da "coleção", Enfim, eu chamo ele de Vermelho da Estrelinha. A cobertura é muito boa, passei três camadas só porque queria um vermelho bem intenso e bonito. Seca tão rápido que assusta e brilha muito no corinthias. Passei um top coat apenas por vício.

Com flash e sem flash.  
 

De ladinho

Unhas curtinhas e vermelha, uip!

Olhando agora as fotos, achei ele bem parecido com o Gabriela da Risqué. Se bem que não consigo ver grandes nuances em vermelhos. Ou é aberto ou é fechado.

Sobre a durabilidade, não sei ainda como funciona, já que é a primeira vez que estou usando a marca. De qualquer maneira, o top coat da Vefic segura muito bem o esmalte, mantendo-o nas unhas até mesmo os coloramas da vida.

Então é isso meu povo, quando for visitar as terras hermanas, não esqueçam de buscar a sua estrelinha.

Besos!

3 comentários:

  1. Jessica David02/10/2011 19:28

    Lindo.
    *_*

    1 - Compraria só pela embalagem (apesar de outros 21898238921737183713264722 mil esmaltes vermelhos que eu tenho)
    2 - Como assim você não vê diferença entre vermelhos? Eu tenho 981324932648932739174491 mil esmaltes diferentes (sim, eu sei que o numero nao ficou igual, mas enfim...) e poderia afirmar que nenhum deles é igual. Tem aquele que é vermelho-catchup-com-pimenta-concentrado e o vemelho-molho-feito-a-base-de-catchup-diluido. Há ainda o vermelho-tomate-da-pizza-napolitana-assada-no-forno-a-lenha, o vermelho-tomate-cereja e o vermelho-cereja-de-bons-drinque. E etc, etc, etc...

    Essa semana, eu quis inovar: tô com o Bonequinha Charmosa da nova linha Penélope Charmosa da Risqué. Uma amarelinho pastel cute-cute com muito potencial.

    Mas vou te falar, hein. Só potencial!
    Ô esmalte ruim! Passei três camadas e enfiar o dedo num pote de danoninho me garantiria uma cobertura muito maior. E detalhe: esmaltei ontem e hoje 4 unhas já lascaram! E eu nem sou uma dona de casa. O máximo que fiz foi lavar o cabelo... Nem se meu picumã fosse de arame farpado.

    Se quiser te passo pra verqualé e resenhar porque comprar só indico pras inimigas.

    Beso!

    ResponderExcluir
  2. hauahauhaa adorei as definições de vermelho!!!

    Ah, amarelo é sempre sofrimento. Até achei bonitinho, mas tenho um parecido aqui da Fina Flor, então nem me animei para contar. Qualquer dia, posto ele.

    Besos!

    ResponderExcluir
  3. Que vidro fofoooooooo!!! *-*

    ResponderExcluir

Obrigada e Volte Sempre!