domingo, 1 de abril de 2012

Testando 1, 2, 3: Top Coat Risqué Technology

Olá!

Hoje é dia de resenha, bebê!

Depois de quase um mês de testes em todas as situações possíveis, venho contar a minha experiência com o novo Top Coat Risqué Technology. Além disso, trago algumas comparações com os outros top coat queridinhos da galera.

Vem, vem, vem!


O que ele promete?


Aumentar a durabilidade e brilho do esmalte até 10 dias após o uso, com secagem rápida e até 66% mais brilho nas unhas.


O que ele cumpre?


* Aumentar a durabilidade: Talvez. Com alguns esmaltes, percebi uma fixação melhor, com outros nem fez cosquinha. Por ele ser um top coat leve, não engrossa o esmalte, o que já é um puta ponto a favor. 

* Secagem rápida: Sim! Assim que você acaba de passar, ao toque, você já sente o esmalte sequinho. Não diria 30 segundos, mas é coisa de minutos mesmo. Tem só que tomar cuidado, porque por mais que dê a sensação de seco, o esmalte ainda não está 100%. 

* Ultra Brilho: Com certeza. Um dos top coat com o brilho mais bonito que eu já vi. Parece um espelho d'água assim que você passa. Lindo, lindo mesmo. A sensação de brilho também dura bem, mesmo no 3º dia ainda fica com aquela carinha de manicure recém feita. Ponto pra ele!


Outras considerações:


* Textura: Bem líquida no início, mas a medida que vai acabando começa a ficar grossa, como boa parte dos top coat. Vale a pena lançar mão do Óleo de Banana, que não alterou a qualidade do top coat.

* Pincel: Fraco. Precisa encher bem para passar em toda unha de uma vez. Se não tomar cuidado, acaba marcando o esmalte. Seria mais interessante um pincel mais gordinho.

* Assassinato de bolinhas: Perfeito. Exterminou todas sem dó nem piedade.

* Durabilidade: Baixa. Estou usando direto há menos de um mês e o vidro já está quase no fim. Por ele ser mais líquido, vai embora fácil. Valeria a pena pro futuro existir uma embalagem maior e mais econômica.

* Alteração na cor: Acho que esse é o grande ponto forte deste top coat. Por ele ser transparente e não roxinhos como os outros, ele não altera em nada a cor do esmalte. Para isso, fiz a comparação com esmalte branco para a gente ver a diferença.


Para nos ajudar, escolhi os outros três top coat nacionais mais amados da blogsfera: Ideal, Vefic e Colorama.

A diferença é surpreendente. VEJÃO!

 


O top coat da Risqué foi o único que não alterou a cor do branco. Logo em seguida vem o Colorama, depois o Vefic. O TC da Ideal é o que mais alterou.


Veredito Final:



Sim, vale a pena ter o top coat da Risqué. Não percebi alterações que algumas pessoas comentaram, de repuxar o esmalte da ponta ou coisas do tipo. Para esmaltes mais claros, onde a alteração da cor pode ser desastrosa, super vale a pena.

Vou comprar mais um vidrinho, mas como ele dura pouco, não pretendo usar sempre. O Vefic custa praticamente o mesmo preço (em torno de 4 dilmas) e demora bem mais a acabar.

Besos!

4 comentários:

  1. Nossa, então ele é maravilhoso!
    Você acredita que ele ainda não chegou na minha cidade! aff'
    Bom, eu vou esperar e ir correndo comprar quando chegar.

    Beijo
    http://esmaltemaniak.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, pra ser mais perfeito, só se viesse num potão de 15ml, igual aos Big Universo, ahauahuaha

      Besos!

      Excluir
  2. deve ser oootimo!!!!!

    seguindo
    http://vaidosamodeon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, vale a pena testar!

      Besos!

      Excluir

Obrigada e Volte Sempre!